Saber o que fazer em dezembro em Paris é uma ótima forma de aproveitar a sua viagem, caso esteja em Paris. Além disso, também é uma excelente chance de programar com antecedência o que quer fazer caso viaje para Paris.

 

Para que a sua viagem seja maravilhosa e você tenha uma carinhosa recordação, é necessário saber alguns detalhes sobre esta época do ano.

O principal de Paris em dezembro

 

Como, por exemplo, o fato de que dezembro é um dos meses mais frios na França. As horas de sol são poucas e a tendência é de dias cinzas e chuvosos. Mas é claro que isso não é algo ruim!

 

Ao mesmo tempo, Paris em dezembro fica tomada pelo clima do Natal! É o mês dos mercados natalinos, das vitrines e decorações temáticas por toda a cidade, do vinho quente, das pistas de patinação.

 

A cidade fica mais charmosa e aconchegante. Se até o meio do mês a cidade fica mais vazia de turistas, na época das festas esse quadro se inverte.

 

CLIMA 

 

Apesar do inverno oficialmente só começar no dia 22, em dezembro o frio de verdade – com temperaturas sempre abaixo dos 10ºC – já chegou para ficar.

 

Dezembro é também um dos meses mais úmidos do ano (assim como maio), com cerca de 14 dias de chuva. Lembrando que as chuvas em Paris não são tempestades tropicais torrenciais como no Brasil.

 

A neve em Paris é imprevisível, podendo acontecer de novembro a março, e nem sempre em grandes quantidades ou com muita frequência. 

TEMPERATURAS

 

Temperatura máxima média: 8° C.

Temperatura mínima média: 5° C.

Temperatura média: 6° C.

Com cerca de 14 dias de chuva.

 

O QUE VESTIR EM DEZEMBRO

 

Estar adequadamente agasalhado é essencial para que você consiga aproveitar a França e tudo o que o país tem a oferecer.

 

Use casacos pesados (casacos de couro não são apropriados para o inverno europeu), casacos acolchoados (doudones), suéteres, camisetas segunda-pele térmicas, luvas, cachecóis, meias e gorros de lã. Sapatos fechados e botas. Um guarda-chuva também é recomendado. 

FERIADOS

 

• 25 de dezembro: Natal. Praticamente tudo fecha nesse dia: museus, monumentos, lojas, comércios de bairro e muitos restaurantes. O transporte público funciona normalmente.

 

• Nos dias 24 e 31 de dezembro tudo funciona normalmente.

 

O QUE VALE A PENA 

 

• Apreciar as vitrines e a decoração de Natal das grandes lojas de departamentos – Galeries Lafayette, BHV, Printemps, Bon Marché – e as iluminações de Natal das principais avenidas da cidade como a Champs Élysées e a Montaigne, o boulevard Haussmann, a rue Royale e a Place Vendôme

 

• Visitar os mercados de Natal 

 

• Patinar no gelo 

 

• Degustar chocolate quente e vinho quente.

 

• Comer fondue, tartiflette e raclette.

O QUE FAZER 

 

O ponto principal deste artigo finalmente chegou! Agora que você já sabe como é o clima, a temperatura e o que vestir em dezembro em Paris, já pode começar a organizar os seus planos! 

 

Mercados de Natal

 

Mercado de Natal do Jardim des Tuileries: localizado nos jardins em frente ao museu do Louvre, esse é o maior e mais conhecido mercado de Natal de Paris.

 

Com cerca de 120 barraquinhas de comidas e presentes, pista de patinação e parque de diversões com roda gigante e muito outros brinquedos. Metrô linha 1, estação Tuileries.

 

Mercado de Natal da Notre-Dame de Paris. Acontece na vizinha Square René Viviani (rue du Fouarre / quai Montebello, onde fica a árvore mais antiga de Paris com mais de 400 anos) e não na praça em frente à catedral de Notre Dame. Metrô linha 4; estação Cité ou Saint Michel e linha 10, estação Maubert – Mutualité.

 

Village de Natal da Torre Eiffel. Em frente à Torre Eiffel, na avenida ao longo do rio. Barraquinhas de comidinhas típicas. Metrô linha 8, estação École Militaire.

 

Mercado de Natal de Saint-Germain-des-Près. Apesar de pequeno e um pouco apertado, não há como escapar do Mercado de Natal de Saint Germain, um dos mais tradicionais de Paris.

 

Acontece na praça da Igreja de Saint Germain e ao longo do boulevard de mesmo nome, próximo aos míticos Café de Flore, Café des Deux Magots e Brasserie Lipp. Metrô linha 4, estação Saint-Germain-des-Près.

 

Village de Natal de La Défense. Apesar de não ser exatamente em Paris e sim no bairro/região próxima conhecida como La Défense, esse é o maior mercado de Natal da capital com cerca de 350 chalés. Metrô linha 1, estação La Défense.

O QUE COMER EM PARIS EM DEZEMBRO

 

• Vários tipos de abóboras.

 

• Fondue, tartiflette e raclette.

 

• Ostras.

 

• Castanhas portuguesas assadas.

 

• Chocolate quente.

 

• Vinho quente.

 

Opções não faltam nessa época em Paris. E você já têm planos para o final do ano? Escreva em francês aqui nos comentários!

É claro que, para passar um bom Natal Ano Novo nesses dois lugares, você precisa de algo essencial.

 

Algo que certamente irá tornar muito melhor a sua estadia nos meses de dezembro e janeiro. Você já sabe o que é?

 

Aprender francês

 

Visitar um país francófono ou até mesmo a França sem saber falar nada de francês é como um tiro no pé: poderia ser pior e ser um tiro na cabeça, contudo, é desconfortável você não conseguirá andar por muito tempo.

 

Mas como aprender francês? Existem alguns pontos que você precisa pensar antes de embarcar na jornada do francês.

 

Por isso, recomendo que leia o texto “Como aprender francês? – Pontos principais para começar o seu estudo”.

 

Contudo, você provavelmente notará uma necessidade maior do que apenas aprender francês: você vai precisar ativar o seu francês.

 

“Mas o que exatamente é ativar o francês, Elisa?”


Ativar o francês é algo que irá facilitar o seu aprendizado na língua francesa. Mesmo que você nem tenha começado ainda! E sabe como? Não?! Bem, eu vou te explicar melhor.

 

Ativar o francês

 

Pode parecer sutil a diferença, mas é ela quem vai, literalmente, mudar a sua maneira de falar e compreender francês.

 

Geralmente as pessoas que apenas aprendem francês acreditam que basta um professor contar ou explicar algo sobre a língua francesa e logo tudo ficará extremamente compreensível.

 

A pessoa sairá falando e entendendo o francês sem a menor dificuldade. E esse é um grande erro. Você sabe o porquê?

Porque isso não é o suficiente para estudar, assimilar um novo idioma. É preciso mais. E é exatamente neste ponto que entra a ativação do francês.

 

A pessoa que ativa o francês sabe que precisa fazer alguma coisa com a informação que foi dada.

 

“Mas como eu posso fazer isso, Elisa?”


Primeiramente, para ativar o francês é necessário que tenha um bom método por trás do seu aprendizado.

 

Eu já fiz um texto sobre os principais pontos para aprender francês comentando sobre ser necessário ter uma boa metodologia, e volto a dizer a mesma coisa: vá atrás de um método eficiente.

 

Existem diversas formas de estudar francês, sendo presencialmente, professor particular ou on-line. Agora, basta a você tomar a decisão certa. E qual seria ela?

 

Bem, te convido a descobrir um pouco mais sobre o universo on-line através desta pergunta: aprender francês on-line vale a pena?

Se você gostou deste textocompartilhe com os amigos, conhecidos, vizinhos, com todos!

 

E lembre-se que amanhã tem mais! Qual tradição natalina da França ou francófona você está morrendo de vontade de conhecer? Que tal descobrir um pouco mais sobre o calendário de adventos? Ou sobre o Natal em Québec?

 

Me diga nos comentários!

 

Quer ir além no aprendizado?

 

Me siga no Instagram e YouTube para ficar por dentro de vários conteúdos incríveis sobre a língua, cultura e literatura francesa!

 

À la prochaine,

 

Elisa.

Porte D’entrée

Passo1:

Não enviaremos SPAM. Ao clicar em CONTINUAR, você aceita os termos de uso.