Você é uma daquelas pessoas que só de ouvir falar na gastronomia francesa já saliva de vontade? O menu de opções é tão grande que vai do doce ao salgado, do frio ao quente, do exótico ao simples entre outras delícias saboreadas no mundo todo. O país incentiva que a culinária tradicional local seja cada vez mais conhecida, pois a comida faz parte da história da França, retratando a cultura de vários povos que por lá se estruturaram.

E você sabe quais são os pratos principais de algumas regiões da França? Vou te contar, mas não se esqueça de escrever em francês nos comentários, quais desses sabores já experimentou e que tanto gostou:

Quiche Lorraine

 

A torta à base de ovos e creme de leite, é tradicional na Alsace-Lorraine, de onde originou o nome da quiche. Localizada no nordeste da França, essa região faz fronteira com a Alemanha, mas a quiche se manteve um patrimônio francês. O segredo está no recheio, preparado com bacon, creme de leite, manteiga e noz-moscada.

 

Croque Monsieur

 

É uma receita muito prática e a cara de Paris: um misto quente feito com pão de brioche, presunto, queijo gruyère e coberto com molho bechamel. Os franceses dizem que surgiu em 1910, em um café parisiense, no boulevard des Capucines.

Ratatouille

 

Associado à culinária mais rústica da Provence. A receita que pode ser servida quente ou fria, sozinha ou como acompanhamento, mistura legumes, temperos e azeite, mostrando a forte influência mediterrânea na região.

 

Bouillabaisse

 

É um ensopado e a receita varia bastante. Surgiu com os pescadores da cidade de Marselha, que ao separar os peixes para vender, usavam as sobras para fazer essa sopa para suas famílias. O toque especial e que realça o sabor, é a seleção de ervas provençais e especiarias.

 

Cassoulet

 

Tem a sua origem disputada por três cidades da Occitânia: Toulouse, Castelnaudary e Carcassonne. É um cozido feito com feijão e carnes diversas, como salsicha, chouriço, pele de porco, de pato, de perdiz ou cordeiro.

 

Caneton à la presse

 

Típico da Normandia, é associado principalmente à cidade de Rouen. É um pato assado cortado em fatias, coberto com um molho que mistura vinho, sangue e o caldo dos ossos (retirado com uma prensa). É considerado uma das receitas mais refinadas da França.

 

Quantas delícias! Não se esqueça do desafio dado no começo do texto.  Futuramente, espero trazer mais curiosidades e conhecimentos sobre a gastronomia francesa! Para saber mais, me siga no Instagram e Youtube e não fique por fora de nada!

 

Bisous!

 

Elisa

Porte D’entrée

Passo1:

Não enviaremos SPAM. Ao clicar em CONTINUAR, você aceita os termos de uso.