A dica musical de é Divine Idylle da cantora Vanessa Paradis. Mas, mais do que isso, a dica musical de hoje é para os apaixonados! Quando o coração bate forte, as mãos suam, a cabeça fica nas nuvens, os seus pensamentos são 24/7 na pessoa amada e não resta dúvida: você está apaixonado. Se você se sente assim, não deixe de ler este artigo até o final!

 

Como hoje é Dia dos Namorados aqui no Brasil, resolvi criar um “Especial Saint-Valetin au Brésil” no blog com textos e músicas sobre esse dia especial e tudo o que o envolve. 

 

Portanto, a primeira música desse especial é uma música perfeita para, além de curtir todos os sintomas de estar apaixonado, aprender um excelente vocabulário sobre isso!

 

Alors, on y va ?!

 

Vanessa Paradis

 

Para poder falar sobre a música, preciso contar um pouco sobre a cantora de extrema beleza e dona dos dentes com um espacinho no meio mais graciosos que já vi em toda minha vida!

 

Nascida em Saint-Maur-des-Fossés no ano de 1972, Vanessa Chantal Paradis é uma cantora e atriz francesa conhecida aos através da sua música “Joe le Taxi”. Um fato interessante é que essa foi a música que originou a música “Vou de Táxi” da apresentadora e cantora Angélica, uma versão brasileira de “Joe le Taxi”.

 

Carreira de Atriz

 

Após o sucesso dessa música, Vanessa continuou em sua carreira de cantora e aos 16 anos estrelou o seu primeiro filme! Sob a direção de Jean-Claude Brisseau, Vanessa atuou em Boda Branca como uma jovem colegial marginalizada que se apaixona por seu professor de filosofia. O filme foi um enorme sucesso e, na época em 1989, se tornou o 2º filme francês mais visto na França com praticamente 2 milhões de espectadores! E em 1990, Vanessa é eleita a atriz mais promissora de toda a cerimonia da premiação César! 

 

Carreira na Moda

 

Vanessa além de se tornar conhecida no meio da música e no meio artístico, também se tornou conhecida no meio da moda ao se tornar embaixadora do perfume Coco da Chanel, e também embaixadora das joias e bolsas da Chanel. Além da Chanel, Vanessa já foi embaixadora da marca La Redoute, Miu Miu e H&M. 

 

Vida Pessoal

 

Em sua vida pessoal, Vanessa se casou em 1998 com o ator americano Johnny Depp com quem teve 2 filhos – uma menina e um menino. Contudo, em 2012 o relacionamento termina de forma amigável. Após isso, Vanessa se relaciona com outras pessoas até encontrar Samuel Benchetrit em 2018. Atualmente, os dois estão num bom relacionamento.

 Divine Idylle

 

Como eu disse anteriormente, Divine Idylle é uma excelente música para sentir as emoções de se estar apaixonado ao mesmo tempo que aprende um novo vocabulário e treina os pronomes possessivos. A letra de Divine Idylle é divertida, fofa e expressa muito bem o sentimento de gostar tanto de alguém que a pessoa vira o seu tudo.

 

Divine Idylle pode ser traduzido em português como “Idílio Divino”. Idílio é algo como um sonho, uma fantasia ou um devaneio. Ao longo da música, Vanessa diz que a pessoa para quem canta a música é o idílio dela. Ou seja, sua fantasia, o seu sonho. Indo além, a cantora diz em sua música:

 

“L’amour qui sommeille

 

Dans un souffle iréel

 

Ma folie, mon envie, ma lubie, mon idylle

 

Je te vole une plume

 

Pour écrire une rime

 

Au clair de la lune

 

Mon amie l’idylle

 

Mon homme idéal

 

Arme à l’âme fatale

 

Ma folie, mon envie, ma lubie, mon idylle

 

Divine Idylle”

 

Os pronomes possessivos usados nesse trecho são os pronomes da primeira pessoal do singular “mon, ma, mes” e em português “meu, minha, meus/minhas”. Já as palavras folie, envie e lubie significam loucura, desejo e capricho/fantasia respectivamente.

 

Agora, você consegue compreender o restante desse trecho em específico? Se sim, me diga nos comentários o que Vanessa diz nesse trecho!

 

E não se esqueça de seguir minha playlist “À la française Avec Elisa” no Spotify para escutar essa  e outras músicas incríveis

 

Bisous et à la prochaine !

 

Elisa.

Porte D’entrée

Passo1:

Não enviaremos SPAM. Ao clicar em CONTINUAR, você aceita os termos de uso.