Os aspectos culturais franceses, diferente do que muitos acham, são essenciais na hora de visitar ou viajar pela França. Mas, muito além disso, são essenciais na hora em que você decide começar a estudar o idioma francês. E você sabe o motivo?

Muitas pessoas tendem a acreditar que decorar frases ou palavras soltas serão o necessário para aproveitar uma boa viagem. Acontece que isso pode servir para o idioma inglês, caso você queira conhecer os Estados Unidos ou a Inglaterra.

 

Contudo, quando falamos sobre o idioma francês e especificamente sobre a França, temos que levar a cultura muito a sério. E, finalmente, compreender porque saber sobre ela é estritamente necessário!

Pensando nisso, separei 2 pontos interessantes para vermos o porquê dos aspectos culturais franceses serem tão necessários para você que deseja conhecer a França.

 

Como falar com alguém?

 

O primeiro ponto é o que nos mostra de cara a importância de conhecer a cultura. Ao viajar ou visitar a França, você pode querer falar com alguém, perguntar alguma coisa, tirar uma dúvida ou comprar algo. Enfim, as possibilidades são infinitas! Mas o principal foco é: você precisa se comunicar.

 

E para se comunicar, você provavelmente terá que usar a palavra “você” na hora da fala. Perguntas como “você pode me ajudar?” ou “você sabe onde fica o metrô?” são alguns exemplos que você certamente usará. Mas em francês, você sabe como dizer “você?”

 

Tu ou vous ?

 

Se você decidiu há pouco tempo estudar francês, já deve ter passado pelos pronomes e percebido como eles são extremamente parecidos com os nossos em português. O motivo disso acontecer é porque ambas as línguas são derivadas do latim – mas isso, é claro, é conversa para outra hora.

 

Portanto, sua primeira resposta para a minha pergunta anterior – como falar “vous” em francês? – pode ter sido usar tu

 

A verdade é que as duas possibilidades, usar “tu” ou “vous”, existem. Contudo, quando vemos pelo lado dos aspectos culturais franceses, o vous pode ser a melhor escolha. Tudo irá depender do grau de formalidade com quem você está conversando.

 

Diferente do Brasil onde somos informais nas ruas e formais apenas em momentos extremamente necessários, os franceses usam muito a formalidade.

Formalidade

 

Acontece que o grau de formalidade para os franceses é alto. Então, se você quer falar com alguém que trabalha com você ou se você acabou de conhecer a pessoa, o correto é utilizar o “vous”.

 

Até mesmo na hora em que for pedir um café numa cafeteria, comprar um sapato em uma loja, falar com um parente distante ou esbarrar em alguém. Mas, então Elisa, quando usar o “tu”?

 

Informalidade

 

Você pode utilizar o pronome “tu” quando estiver falando com alguém do seu ciclo de amizades ou um parente muito próximo.

 

Como “tu” é um pronome muito íntimo, você precisa saber exatamente quando usá-lo. Esse é apenas o primeiro dos aspectos culturais franceses que você precisa saber!

Como eu disse no começo deste artigo, não basta conhecer as palavras soltas! É preciso conhecer a cultura por trás delas. Para exemplificar ainda melhor o que digo, darei o segundo exemplo para você.

 

Ônibus

Derivado da palavra “omnibus” (para todos) em latim, o termo era usado para designar um tipo de transporte coletivo de passageiros puxado a cavalo – na época muito usado nas grandes cidades do mundo.

 

Já o conceito de ônibus como conhecemos hoje surgiu em Nantes, na França, através de Stanislav Baudry. Baudry, em 1826, decidiu estabelecer um transporte entre o centro da cidade e as instalações de banhos públicos de sua propriedade em Richebourg. 

 

Você deve estar tentando entender o que isto tem a ver com os aspectos culturais franceses que são importantes conhecer, certo?

 

Bus e Car

 

Em francês, temos duas palavras para designar o ônibus: “bus” e “car”. As duas palavras são semelhante a “vous” e “tu”, contudo, dessa vez a informalidade não tem ligação com a explicação que irei dar. Para saber quando usar cada palavra é necessário ter um pano de fundo sobre a situação em que você se encontra.

 

Enquanto “car” significa um ônibus que sai da cidade, como um ônibus interurbano, “bus” significa apenas um ônibus normal que você pode pegar na rua da sua cidade.

 

 

Pensando em compartilhar ainda mais conhecimento, dividirei com você no vídeo acima um terceiro aspecto cultural extremamente interessante para conhecer!

Visitar a França: passo principal

 

Visitar a França sem saber falar nada de francês é como um tiro no pé: poderia ser pior e ser um tiro na cabeça, contudo, é desconfortável você não conseguirá andar por muito tempo.

 

Mas como aprender francês? Existem alguns pontos que você precisa pensar antes de embarcar na jornada do francês. Por isso, recomendo que leia o texto “Como aprender francês? – Pontos principais para começar o seu estudo”.

 

Se você gostou deste texto, compartilhe com os amigos, conhecidos, vizinhos, com todos! Lembre-se que conhecimento sempre deve ser compartilhado!

 

Quer ir além no aprendizado?

 

Me siga no Instagram e YouTube para ficar por dentro de vários conteúdos incríveis sobre a língua, cultura e literatura francesa!

 

À la prochaine,

 

Elisa.

Porte D’entrée

Passo1:

Não enviaremos SPAM. Ao clicar em CONTINUAR, você aceita os termos de uso.